fixas

  • Convênio garante desconto especial na Press Fashion

     

     

    Em parceria firmada com a ARFOC-SP, nosso associado terá desconto especial na Press Fashion. 

    Convênio garante desconto especial de 10% na Press Fashion. 

    acesse no link abaixo

    PRESS FASHION

  • Credenciamento Futebol 2017

    Credenciamento nos eventos esportivos do futebol foi o tema da reunião aberta, convocada pela ARFOC-SP. Estiveram presentes, associados e membros da diretoria para planejar, avaliar e discutir as regras que determinam as questões de credenciamento.

    Foi comunicado aos presentes a renovação da parceria entre ARFOC-SP e FPF para gestão do credenciamento no Paulistão 2017. Essa relação pautada pelo profissionalismo e defesa da categoria, ao longo dos anos, nos trouxe organização e conquistas.

    Neste ano mais uma vez, auxiliamos em questões importantes para finalização do protocolo de imprensa. Posicionamento dos fotógrafos em campo, questão das placas de publicidade, e especificações pontuais em estádios como a Vila Belmiro, foram destacadas. A chegada dos profissionais no estádio para acesso ao campo de jogo, foi prorrogado para até o minuto 15 do primeiro tempo, trazendo maior conforto em eventual atraso. Uso de bermuda continua permitido, entre outros pontos. Na próxima semana divulgaremos o protocolo na integra, em nosso site.

    As ocorrências, relatadas por nossos associados, envolvendo revista da policia militar e postura de uma das equipes de fiscais da FPF, também foram levadas, discutidas havendo compromisso por parte da FPF na solução.

    Os campeonatos geridos pela FOX, Copa America e Sulamericana , também contam com a gestão da Arfoc, e seguem as mesmas regras do Paulistão. Campeonatos da CBF, Copa do Brasil e Brasileiro, como todos sabem não temos influencia na aprovação e sistema de credenciamento. Com a CBF, estamos atuando na representação do nosso coletivo, apontando problemas e negociando solução. No inicio do Brasileiro 2016, atuamos na questão da ausência de placas de publicidade, que impedia nosso posicionamento em locais que não dispunham de placas. A solicitação de credenciamento por e.mail em alguns casos esbarrava no anti spam da CBF, causando grave problemas em vários jogos. e por fim a falta de resposta e confirmação da aprovação do credenciamento, essa sem solução até o fim do campeonato. Estamos reabrindo o dialogo com a CBF, para aprimorar a relação.

    Na noite de ontem, 23/01, foi lido as regras, atuais, de credenciamento, para que todos tivessem acesso ao conjunto de normas. Importante ressaltar que o documento, foi fruto de anos de trabalho e aprovação da nossa comunidade. Foi aberta a palavra aos associados, para que fossem apontados eventuais pontos de ajustes, nas regras para este ano. Foi aprovado o recadastramento de agencias e fretas, conforme consta no item 1 do regulamento. Na próxima semana, em nosso site, será disponibilizado formulário para recadastramento. as agencias que já tem o cadastro e apresentaram documentação em anos anteriores, basta a atualização de dados cadastrais e solicitação de renovação pelo site. Para aqueles que não tenham a documentação previamente enviada, deve entregar a xerox da documentação em nossa sede.

    A questão dos freelas, foi apontada como item a ser melhorado e merece maior atenção com regras mais abrangentes definindo critérios de aprovação. estamos trabalhando nisso. sugestões podem ser enviadas por emial. Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. , até a próxima segunda.

    Importante destacar a importancia do trabalho coletivo e união. Somente assim, seremos respeitados.

    Em breve publicaremos a integra da ata da reunião, na área restrita do novo site.

    A diretoria

  • Elliott Erwitt Vida de Cão

     NW1.jpg

     

    O lendário fotógrafo documentalElliott Erwitt, prestes a completar 89 anos, é conhecido mais por sua irreverência, do que fotos de celebridades e registros do dia a dia das cidades por onde passou. Mas foi seu faro observador do mundo canino que o destacou no cenário internacional. O resultado desse trabalho poderá ser visto na exposição Vida de Cão, que estreia na Galeria de Fotos do Centro Cultural Fiesp, no dia 4 de julho.A fim de propor reflexões bem humoradas e espirituosas sobre a relação entre os cães e seres humanos, a seleção do curador J oão Kulcsár reúne 50 fotografias, elencadas originalmente do livro DogDogs (1989): "ele consegue mostrar como nosso relacionamento com o melhor amigo do homem tem raízes na semelhança mútua e na emoção, sem deixar de lado o senso estético e crítico”, comenta Kulcsár. Ainda hoje, “o que mais lhe atrai na hora de registrar uma cena é a espontaneidade”, afirma. Durante o encontro em Nova York, realizado em junho deste ano, o próprio Erwitt gravou um v ídeo inédito, comentando um pouco sobre sua carreira, principais trabalhos e sua relação com o Brasil, para ser exibido exclusivamente na exposição.


    As imagens
     em preto e branco clicadas em vários países, incluindo Brasil, Inglaterra, França e Irlanda (entre 1946 e 2004), prometem encantar amantes dos caninos não apenas pela temática, mas pela comicidade escondida em cada foto, bem ao estilo de seu criador. Segundo Kulcsar, “ele usava o preto e branco como linguagem para expressar seu raro talento: provocar o riso sobre tudo, até sobre si mesmo”. Outra de suas marcas registradas é o uso da ilusão para “criar composições que parecem surreais ou improváveis à primeira vista”, completa. Desde seus primeiros trabalhos fotografando cães, Elliott Erwitt continua a surpreender com seus jogos de ilusão e composições inusitadas, que trazem à tona cenas do cotidiano pautadas no aspecto cômico da condição humana. 

    A exposição Vida de Cão é a terceira, de quatro exposições do SESI-SP em parceria com a Magnum Photos em 2017, para comemorar o aniversário de 70 anos da agência. O espaço fica aberto à visitação diariamente, com entrada gratuita, até 24 de setembro.


    SOBRE ELLIOTT ERWITT
    Membro da maior agência de fotojornalismo do mundo, a Magnum Photos, Elliott Erwitt nasceu em Paris, em 26 de julho 1928. Filho de russos, cresceu na Itália, e mudou-se para os EUA com 11 anos. Com 14 anos adquiriu sua primeira câmera, mas foi apenas nos anos 1950 que se tornou fotógrafo profissional, atuando tanto em publicações jornalísticas diversas, quanto como fotógrafo de peças comerciais. Em 1951, foi recrutado pelo serviço militar e assumiu vários deveres fotográficos enquanto servia em diferentes postos na Alemanha e na França. Anos depois, enquanto estava em Nova York, Erwitt conheceu o fotógrafo húngaro Robert Capa, que o convidaria a se juntar à Magnum Photos em 1953. Chegou a presidir a agência no final da década de 1960, mas a partir da década de 1970 voltou-se para o cinema, produzindo vários documentários e filmes. A fama e o reconhecimento por seu trabalho vieram graças aos registros em preto e b ranco tirados de forma irônica que preenchiam as situações mais simples do cotidiano com leveza e bom humor. SOBRE A GALERIA DE FOTOS 
    Inaugurada em janeiro de 2017, a Galeria de Fotos do Centro Cultural Fiesp é gerenciada pelo SESI-SP, com uma programação voltada para a difusão da produção fotográfica como expressão artística e cultural. Em quatro exposições anuais, o espaço dá oportunidade a novos artistas e reverencia o trabalho de profissionais já consagrados.


    SERVIÇO 
    EndereçoAv. Paulista, 1313 - Cerqueira César, São Paulo - SP
    Telefone(11) 3528-2000
    Horário 



  • Lalo de Almeida premiado no concurso World Press Photo

     

    O fotógrafo Lalo de Almeida foi premiado nesta segunda-feira (13) no concurso internacional World Press Photo.

    Ele ficou em segundo lugar na categoria Contemporary Issues (problemas contemporâneos) com seu ensaio sobre o surto de zika na região Nordeste.

    Fundada em 1955, a fundação World Press Photo, com sede em Amsterdã, organiza o maior prêmio dedicado ao fotojornalismo no mundo.

    Em 2017, foram inscritas 80.408 imagens feitas por 5.034 fotógrafos de 125 países. As categorias do concurso são: problemas contemporâneos, vida cotidiana, notícias gerais, projetos de longo prazo, natureza, pessoas, esportes e furos de reportagem.

  • Nota de Condolências Fotojornalista Orlando Filho

     

     O fotógrafo  Orlando da Silva Filho morreu na manhã desta terça-feira, aos 54 anos, após complicações cardíacas. Ele estava internado desde a última quinta-feira, no Hospital Dante Pazzanese, em São Paulo.

    Com 20 anos atuando no Diário do Grande ABC , Filho passou pela Prefeitura de Guarulhos e outros jornais de São Paulo ao longo dos quase 30 anos de carreira. Formado em Jornalismo pela Universidade Braz Cubas, deixa a filha Gabriela e a mãe.

    Conhecido pelos colegas de profissão pelo seu modo impecável e exigente de fotografar, Orlando Filho acumulou em seu portfólio coberturas de importantes eventos que marcaram o Jornalismo.

    A primeira deles pelo Diário foi no dia 1º de setembro de 1998, quando fotografou uma partida de futsal da GM (General Motors), o treino de vôlei do time de Diadema para os Jogos Abertos e uma passeata de estudantes em São Bernardo, pedindo por mais segurança.

    Dentre outros trabalhos assinados por Filho estão também a final da Copa João Havelange em 2000, a série sobre as Olarias do Grande ABC, em parceria com Ademir Medici, em 2005, além das coberturas dos shows das bandas Kiss, em 2012, e Queen, em 2008, ambas na Capital. 

    A última pauta com imagens assinadas pelo morador de Ribeirão Pires foi uma entrevista com o Corregedor do TCE (Tribunal de Contas do Estado), Antonio Roque Citadini, publicada no último dia 10 de junho.

    fonte Diario do Grande ABC 

     

  • Tabela de Referência para Shows & Espetáculos

    Captura de Tela 2017-07-02 às 09.44.45.png 

    Com o intuito de regularizar a cobertura de shows, festivais e espetáculos, a ARFOC-SP lança tabela de referência específica. Além de estabelecer um piso, a medida prevê melhorias para os profissionais que atuam na área.

    Devido a crescente demanda do uso de imagens em impressos, mídias eletrônicas e redes sociais, e do Brasil estar na rota de grandes turnês, com apresentações nacionais e internacionais, os fotógrafos sentiram necessidade de se organizar para criar uma referência (de preço, carga horária e diferentes utilizações do material) no sentido de regulamentar o mercado. Para isso a Associação realizou uma série de reuniões com fotógrafos interessados em debater o tema, na busca de soluções viáveis e uma nova conduta para o segmento.

    Nas discussões, ficou evidente que há uma disparidade de valores praticados e foi criado um grupo de estudo com 35 profissionais, que durante 3 meses trabalharam na proposta. Para a construção da nova tabela, usaram como base os valores cobrados para cobertura de shows em casas de espetáculos e em grandes festivais, tanto para freelancers quanto para veículos de comunicação.

    Após intenso debate, chegou-se a um consenso. A tabela estabelece um preço mínimo e padroniza a quantidade de horas ideais para a cobertura de um único show (4 horas) e em um grande festival (8 horas). Além disso, foram incluídos valores para viagens (acima de 100km), e em caso de turnê (viagem com a produtora ou banda) foi sugerida cobrança semanal. Também detalha os valores para venda de fotos para jornais, livros e revistas. Neste caso, os mesmos cobrados no Fotojornalismo, já que o modo de venda é semelhante.

    Um ítem que merece destaque, é a cobrança de fotos postadas em sites e redes sociais. Muitos profissionais estão tendo suas fotos divulgadas sem consentimento, mas há que se respeitar as normas de uso, mesmo em território "livre" como a internet, estabelecendo um valor cobrado pelo descumprimento das leis.

    A nova tabela também engloba a produção de material promocional, produzido em estúdio ou em locação aberta, com a finalidade de divulgação da banda em CDs, DVDs, encartes, banners, etc.

    As reuniões também serviram para identificar os principais pontos críticos, onde foram discutidos problemas do credenciamento ao comportamento dentro do photopit, com o objetivo de melhorar a relação dos profissionais com as assessorias ou produtoras, e acompanhar as contantes mudanças que os novos meios exigem.

    A ARFOC-SP parabeniza todos os profissionais que participaram da iniciativa. Durante todo o processo, foi fundamental a união da categoria para resolver, através de encontros e muito trabalho, os problemas do setor. A construção dessa Tabela de Referência é o primeiro passo na luta por uma remuneração mais justa para os profissionais e um avanço no aprimoramento da categoria.

Associação de Repórteres Fotográficos e Cinematográficos no Estado de São Paulo

Rua Rego Freitas, 530, Sobreloja - Vila Buarque - São Paulo/SP - Cep: 01220-010 - Telefones: (11) 3257-3991 e (11) 94162-2008   Whatsapp