Seguranças retiram de forma violenta fotografos que cobriam treino da seleção Colombiana

SEG AGR CONMEBOL

COPA AMÉRICA 2019 - INACEITÁVEL O TRATAMENTO DADO À IMPRENSA DURANTE TREINO DA SELEÇÃO COLOMBIANA NA TARDE DESTA TERÇA-FEIRA, 25/06, EM SP.

 

Após quinze minutos de treino da seleção colombiana na tarde desta terça-feira, (25/06), os fotógrafos e jornalistas se retiraram do campo e foram para uma área do estádio Paulo Machado de Carvalho, Pacaembu, sem visão do campo, para editar o material feito.

Esse procedimento já havia sido adotado anteriormente em treinos das seleções do Japão, Peru e até mesmo com a seleção Brasileira.

O Pacaembu, um estádio extremamente defasado, não tem um local apropriado para imprensa nos treinos da Copa América.

Os profissionais são obrigados a trabalhar de forma improvisada, sentados no chão, em áreas sem internet, mesas, cadeiras, e banheiros.

Hoje porém, atendendo um pedido da seleção colombiana, os seguranças da CONMEBOL, de forma ríspida, autoritária e violenta, retiraram os jornalistas de forma violenta, chegando até mesmo a carregar o fotógrafo Bruno Ulivieri, como pode ser visto no vídeo abaixo.

https://www.facebook.com/arfoc.saopaulo/videos/2140112756279952/

A assessoria da seleção colombiana e a segurança da Conmebol, quando interpeladas que os profissionais não tinham lugar seguro e apropriado para trabalhar disseram que "não era problema deles".

Lembrando que temos inúmeros relatos de roubos e furtos de profissionais de imprensa nessa edição do torneio.

Os profissionais após serem expulsos, terminaram a edição do material sentados na calçada em frente ao estádio.

 A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado

Tags:

Associação de Repórteres Fotográficos e Cinematográficos no Estado de São Paulo

Rua Rego Freitas, 530, Sobreloja - Vila Buarque - São Paulo/SP - Cep: 01220-010 - Telefones: (11) 3257-3991 (Fixo e   Whatsapp)

Atendimento: Segunda à sexta, das 9:00 às 18:00

   

Pesquisar no site