Exposição Arno Rafael Minkkinen

Exposição Ano Rafael Minkkinen

No dia 23 de agosto, terça-feira, às 19h, o Sesc Vila Mariana realiza a abertura da exposição Arno Rafael Minkkinen: Corpo Como Evidência, que traz fotografias de autoria do finlandês-americano – que estará presente à abertura – e compõem uma retrospectiva de sua carreira de mais de 40 anos. A exposição, que tem curadoria de João Kulcsár, passou inicialmente pelo Sesc Jundiaí e chega ampliada ao público da capital, apresentando 50 fotografias e 1 vídeo com entrevista com Arno Rafael Minkkinen feita especialmente para a exposição. Além disso, o Projeto Colateral, que contempla intervenções artísticas visuais em grande formato na entrada do Sesc Vila Mariana, também será ocupado com fotografias do artista. A mostra permanecerá aberta à visitação de 24/8 a 18/12, de terça a sexta, das 10h às 21h30, sábados, das 10h às 20h30 e domingos e feriados, das 10h às 18h30. Durante todo o período da exposição, haverá uma programação integrada, com oficinas, cursos, bate-papos, workshops e outras atividades que dialogarão com a obra de. A entrada para a exposição é gratuita.

Arno Rafael Minkkinen, finlandês-americano, nasceu em Helsinque em 1945 e emigrou para os Estados Unidos em 1951. Começou a fazer autorretratos em 1971, enquanto trabalhava como redator de publicidade em Nova York. Estudou com Harry Callahan e Aaron Siskind na Rhode Island School of Design, onde fez seu mestrado em fotografia, em 1974. Ao longo das últimas quatro décadas, Minkkinen realizou mais de cem exposições individuais e duzentas coletivas e tem atuado também como professor, curador e escritor. Foi professor de Arte na Universidade de Massachusetts Lowell e na Universidade de Art & Design de Helsinque. No início de sua carreira docente atuou como professor assistente no Massachusetts Institute of Technology (MIT), artista visitante na Philadelphia College of Art e na École d’Arts Appliqués em Vevey, Suíça. Seu trabalho pode ser encontrado nas coleções de instituições como Centre Pompidou, Musée d’Art Moderne (Paris), Musée de l’Elysée (Lausanne), Museu Metropolitano de Fotografia de Tóquio, Center for Creative Photography (Arizona), MoMA (Nova York), Museu de Belas Artes de Boston, Museu de Belas Artes de Houston, High Museum(Atlanta) e na Galeria de Addison of American Art (Andover), entre muitos outros.

Sobre a obra de Arno Rafael Minkkinen, o curador da exposição, João Kulcsár afirma: “as fotografias … transcendem a ideia do corpo como reflexão imaginária diante de uma experimental simbiose com a natureza e suas possibilidades inúmeras de relacionar o corpo humano ao seu estado elástico, metafísico, nostálgico“, e completa, “ao abranger paisagens amplas como seus cenários, ele designa profundidades pautadas essencialmente no retrato e no autorretrato“. Danilo Santos de Miranda, Diretor Regional do Sesc SP, ressalta que “sem quaisquer manipulações, sobreposições ou recursos de pós-produção, o artista concebe uma dramaturgia corporal, propondo-se, algumas vezes, a uma autoencenação, quando se coloca diante da câmera e cria uma identidade fabulada. Como entidades esculturais, corpos em trânsito ocupam brechas e espaços variados, desenhando novos roteiros interpretativos“.

Na abertura da exposição (23 de agosto), haverá o bate-papo O Artista Exposto, com a presença de Arno Rafael Minkkinen, no Auditório do Sesc Vila Mariana, a partir das 20h. O tema da conversa será sua extensa produção fotográfica que se situa no limiar entre fotografias de paisagem e autorretratos, e que exploram a um só tempo o limite da expressão corporal e os limites da fotografia. A mediação do bate-papo será realizada pelo curador da exposição, João Kulcsár. Para participar, é necessário retirar os ingressos (gratuitos) com uma hora de antecedência, na Central de Atendimento da Unidade. Haverá tradução simultânea e, para retirada do equipamento, será necessária a apresentação de documento oficial de identificação com foto.

O fotógrafo também ministrará o workshop O Poder do Três, no dia 24 de agosto, das 11h às 19h. Minkkinen propõe, neste workshop, uma discussão no campo da edição, argumentando quais são as três fotografias mais representativas de seu trabalho. O encontro pretende explorar aquilo que dirige sua visão para a descoberta de consistências na narrativa fotográfica. Para participar, os interessados devem enviar três fotografias (baixa resolução) de um ensaio fotográfico autoral e seu currículo, até o dia 15 de agosto, para o endereço Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. . A divulgação dos selecionados será feita no dia 19 de agosto e as inscrições, na Central de Atendimento da Unidade, no período de 19 a 24/08. A atividade é direcionada para maiores de 18 anos.

Educativo

A exposição contará com uma equipe educativa responsável pela mediação dos conteúdos propostos pela curadoria. A equipe terá papel fundamental para a ativação das ideias e dos conteúdos apresentados pelas fotografias de Arno Rafael Minkkinen. Em datas específicas, serão também propostas ações poéticas como vivências artísticas, encontros e a própria mediação educativa junto aos visitantes e grupos agendados, com o objetivo de aproximá-los da produção contemporânea de artes visuais e das discussões atuais sobre a fotografia, além de discussões que tangenciam e extrapolam estes temas.

Os agendamentos de grupos são realizados para escolas, universidades públicas e particulares, instituições, ONGs e parceiros pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e informações pelo telefone 5080 3000.

Programação Integrada

A exposição Arno Rafael Minkkinen: Corpo Como Evidência contará com uma programação integrada, que seguirá com diversas atividades até o mês de dezembro. Em agosto, acontecerão os cursos A Fotografia e o Autorretrato, com Cris Bienrrebach e Introdução à Cianotipia, com Elizabeth Lee.

A Fotografia e o Autorretrato, com Cris Bienrrebach acontece de 11/8 a 15/9, quintas, das 19h30 às 21h30. No curso, a artista discutirá o autorretrato por meio da apresentação de imagens produzidas por fotógrafos com trabalhos significativos na área. Também serão propostos exercícios para serem feitos pelos participantes e discutidos a cada novo encontro, tendo como eixos temáticos: a autobiografia, o corpo, a performance e a selfie, considerando o “eu contemporâneo” no mundo.

A fotógrafa Elizabeth Lee orientará o curso Introdução à Cianotipia de 17/8 a 21/9, quartas, das 19h30 às 21h30. o objetivo é desenvolver o estudo da técnica da cianotipia, um processo fotográfico alternativo e histórico que se utiliza de sais de ferro para a formação da cópia fotográfica. Dentro das possibilidades de transformação dos tons da imagem, será possível realizar experimentações para a alteração de cor da cópia no processo, utilizando água oxigenada e a viragem com elementos do cotidiano como o chá e o café.

Ainda em agosto, e dentro dessa programação integrada, acontecem também o curso (Habil)Idades Eletrônicas: Retratos com Smartphones – Instagram, e a oficina LAB MOVE: Corpo Como Evidência – Movimento e Retrato, orientados pela equipe de educadores do Sesc Vila Mariana.

Saiba mais sobre a programação integrada à exposição, no Portal Sesc SP, em bit.ly/Mink_Ev

Serviço:

Arno Rafael Minkkinen: Corpo Como Evidência
Exposição com curadoria de João Kulcsár
abertura
Dia 23 de agosto, terça-feira, das 19h às 21h30
Local: Térreo – Torre A
Livre
Grátis

Visitação

De 24 de agosto a 18 de dezembro
terça a sexta, das 10h às 21h30
sábados, das 10h às 20h30
domingos e feriados, das 10h às 18h30
Local: Térreo – Torre A

fonte:http://anapress.org/

Tags:

Associação de Repórteres Fotográficos e Cinematográficos no Estado de São Paulo

Rua Rego Freitas, 530, Sobreloja - Vila Buarque - São Paulo/SP - Cep: 01220-010 - Telefones: (11) 3257-3991 e (11) 94162-2008   Whatsapp 

   

Pesquisar no site